Apesar da gestão de resíduos da construção civil ser tema constante de debates, devido aos impactos que causa ao meio ambiente, ainda há muita negligência no mercado. 

 

Segundo reportagem publicada no mês de maio, no site Jornal da Manhã, resíduos de massa asfáltica foram depositados em uma área verde na cidade de Uberaba (MG). O material, que é classificado como RCC (resíduos da construção civil), pode causar câncer, segundo um ambientalista, colocando a população em risco. 

 

Rafael Teixeira, diretor da Rafa Entulhos, acredita que com o cenário de pandemia, as pessoas vão pensar mais no meio ambiente. “Acho que é o momento de começarmos a refletir sobre a geração e o tratamento dos resíduos. Agora é o momento de analisar as emissões de carbono, das empresas reverem as práticas de logística reversa. Parece que é o momento destas ações avançarem. Tratando o RCC de forma adequada, você poupa recursos naturais. A construção civil é a indústria que mais explora recursos naturais”.

 

O descarte adequado é a grande preocupação da Rafa Entulhos, que tem uma meta chamada de gestão 90+, que significa reciclar mais de 90% dos RCC que coletam. A empresa abriu Áreas de Transbordo e Triagem (ATT), onde os resíduos são descartados para fazer a triagem e depois a reciclagem, e usinas especializadas em reciclar cada tipo de resíduo.

 

Mesmo em meio a pandemia a gestão correta dos resíduos não pode parar. E para continuar com uma coleta eficaz e segura, a Rafa Entulhos adotou novas práticas. O cuidado foi redobrado, pois como as caçambas podem conter materiais como máscaras e luvas, quando elas chegam nas unidades, os resíduos são descarregados e preservados. “De acordo com o grau de suspeita, os resíduos ficam em preservação de 24 a 72 horas antes dos funcionários realizarem a triagem”, conta Rafael. 

 

Para orientar as empresas que recebem, transbordam e reciclam os Resíduos  da Construção e Demolição (RCD) diante da pandemia do Covid 19, a  Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição (ABRECON), criou a diretiva N° 005/2020. Se você tem dúvidas sobre o assunto, acesse o site do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo www.causp.gov.br  e confira o material completo. 

Atendimento das 7h às 21h

Estamos em atendimento pelo WhatsApp